sábado, 5 de julho de 2014

Assembleia Indicativa no setor 108 - Caetité

O Líder da Pastoral da Criança dá sua vida pelas ovelhas que são as crianças e famílias que este acompanha. Dar a vida é dedicar-se a elas o máximo que se pode. O tempo de dedicação depende de cada um conforme as suas possibilidades e motivações pessoais. O acompanhamento das crianças sempre foi, na Pastoral da criança, algo muito importante. Acompanhar é estar continuamente ligado à situação das famílias. Não é só o momento da visita. Acompanhar é manifestar o interesse e a preocupação do pastor que, muitas vezes, se angustia e se preocupa com as condições desumanas das famílias; é o cuidado constante pelo desenvolvimento integral de nossas crianças; é a atitude de escutar as famílias, sabendo ouvi-las e construindo com as mesmas as soluções viáveis para as necessidades que afligem as nossas comunidades. Na verdade, o que nos faz sofrer muito é quando há uma morte de alguma criança que acompanhamos. Neste momento, precisamos saber as causas da mesma para que não se repitam. O articulador junto ao Conselho de Saúde, neste momento, terá um papel importantíssimo. Nosso coração de pastores não pode ficar insensível nestas ocasiões. Não nos esqueçamos de que a Pastoral da Criança surgiu para diminuir a mortalidade infantil no Brasil e nossa missão é levar vida e vida plena para nossas crianças.
Diante dessa reflexão e baseado no projeto Diocesano que este ano nos traz a reflexão sobre o evangelho de Marcos, é que aconteceu nos dias 6 a 7 de junho um momento de Espiritualidade com os coordenadores de ramo e área da Pastoral da Criança com a orientação do padre Sandro. Nesses dois dias a reflexão pertinente foi pensar o NOSSO DISCIPULADO, ou seja, como estou vivendo o evangelho de Jesus Cristo no dia a dia e como LÍDER DA PASTORAL DA CRIANÇA? E qual é o nosso propósito com as gestantes e crianças no sentido da prática do Evangelho.
Nesses dias aconteceu também a indicação para a coordenação de setor, sendo escolhida com unanimidade pelos coordenadores de ramos da nossa Diocese e ratificada pelo Bispo diocesano Eliana Maria Fernandes para a coordenação de setor por mais dois anos. Contamos com a presença do Coordenador do Estado Cosme Oliveira, foi feito também a escolha do Suplente que é Eldílcio Rodrigues  da paróquia de Guajerú.












sexta-feira, 4 de julho de 2014

Oficinas de Formação Contínua Integrada Zonal - Pindaí

Para realizar seu trabalho nas comunidades a Pastoral da Criança prepara seus voluntários por meio de Capacitações Iniciais e Atualizações. Estas duas modalidades de formação estão vinculadas à apresentação de novos materiais educativos e têm multiplicadores e capacitadores específicos. Elas estão relacionadas às Ações Básicas de Saúde, Educação, Nutrição e Cidadania – Guia do Líder; às Ações Complementares e Opcionais.

Para que o trabalho continue bem-feito e animado, os líderes e as outras pessoas que atuam nas diferentes ações na comunidade precisam se atualizar, esclarecer dúvidas, trocar experiências, sentir que seu trabalho é importante e valorizado. A Pastoral da Criança tem estratégias para que o processo de Formação Contínua esteja sempre acontecendo. Pode ser em momentos individuais, coletivos e também em encontros específicos chamados Oficinas de Formação Contínua Integrada. Nesse itinerário que aconteceu no Zonal de  Pindaí  com alguns coordenadores do Zonal de Caetité a Formação Contínua Integrada no dia 31 de maio de 2014 na cidade de Guanambi.

Estas oficinas tem como objetivo proporcionar, a cada membro da Pastoral da Criança, pelo menos uma vez ao ano, um momento formal de estudo e discussão entre as pessoas que atuam nas diferentes ações desenvolvidas pela Pastoral da Criança. Essa discussão deve responder às necessidades sentidas pelos líderes e equipe da comunidade. Isso permitirá uma renovação e aprofundamento dos conteúdos trabalhados nas capacitações das Ações Básicas, Ações Complementares e Opcionais.




quinta-feira, 3 de julho de 2014

VISITA EM JACARACI

A Pastoral da Criança, em sua missão de fé e vida, marca presença e acompanha gestantes, crianças e famílias nas comunidades mais pobres. Nessa missão que, aconteceu a visita na paróquia de Jacaraci para dialogar sobre os trabalhos voluntários da mesma. Juntamente com os líderes, coordenadores e equipe de apoio todos estão encorajados para lutar em prol da vida.




Recordando os papeis da nossa missão como LÍDER NA PASTORAL DA CRIANÇA.

Voluntários: Nosso maior valor!
Mensalmente, o líder da Pastoral da Criança visita as gestantes e crianças de famílias próximas a sua casa. Eles realizam três atividades prioritárias: Visita Domiciliar, Celebração da Vida e Reunião de Reflexão e Avaliação.

O líder da Pastoral da criança apresenta o seguinte perfil:'
  • É voluntário.
  • Foi capacitado no Guia do Líder.
  • Está alfabetizado ou conta com o apoio de alguém alfabetizado.
  • Vive na comunidade em que atua ou próximo a ela.
  • Acompanha as gestantes e, no máximo, 15 crianças pobres, menores de seis anos e suas famílias.
  • Está disponível para realizar as ações da Pastoral da Criança e conhece a realidade da comunidade.
  • Tem e utiliza o material educativo básico da Pastoral da Criança.
  • Tem capacidade de somar esforços, partilhar, ouvir e participar na melhoria das condições de vida das famílias pobres.




segunda-feira, 30 de junho de 2014

Visita na paróquia de Urandi.

Equipe de setor realizou a visita no ramo Santo Antônio na paróquia de Urandi, com o objetivo de fazer a escolha da nova coordenação de ramo. Foi um momento agradável e oportuno com a presença dos líderes e equipe de apoio. Todos disponíveis e dispostos para implantar a Pastoral da Criança nas comunidades para acompanhar aquelas gestantes e crianças mais pobres que existem.




segunda-feira, 9 de junho de 2014

VISITA NO RAMO NOSSA SENHORA DAS DORES EM CONDIBA


Depois de alguns meses da morte da ex- coordenadora da Pastoral da Criança Dona Maria, aconteceu no dia 10 maio a indicação da nova coordenação no Ramo Nossa Senhora das Dores em Candiba. Foi um momento emotivo, refletivo para traçar as metas de como continuar o trabalho. Mesmo com algumas dificuldades a nova coordenadora Katiana está animada e disposta para reanimar os líderes e comunidades em prol da vida.

 





ENCONTRO DE COMUNICADORES EM CAETITÉ


Aconteceu no dia 03 de maio de 2014 no Centro de Treinamento de Líderes – CTL em Caetité, o encontro de formação de comunicadores da Pastoral da Criança. Com a presença de comunicadores das paróquias de: Botuporã, Brumado, Caculé, Caetité, Guanambi, Maetinga e Piripá.

Ministrado pela bacharel em comunicação Naiane Gonçalves da cidade de Jaguaquara, responsável pela formação de comunicadores das Diocese de Jequié, Vitória da Conquista, Livramento e Caetité. Objetivo do encontro é formar dois comunicadores por paróquias para divulgas as ações e trabalhos dos líderes nas comunidades e ramo.






 

Oficinas de Formação Contínua Integrada - Zonal de Caturama


Para poder realizar seu trabalho nas comunidades a Pastoral da Criança prepara seus voluntários por meio de Capacitações Iniciais e Atualizações. Estas duas modalidades de formação estão vinculadas à apresentação de novos materiais educativos e têm multiplicadores e capacitadores específicos. Elas estão relacionadas às Ações Básicas de Saúde, Educação, Nutrição e Cidadania - Guia do Líder; às Ações Complementares e Opcionais.

Para que o trabalho continue bem feito e animado, os líderes e as outras pessoas que atuam nas diferentes ações na comunidade precisam se atualizar, esclarecer dúvidas, trocar experiências, sentir que seu trabalho é importante e valorizado. A Pastoral da Criança tem estratégias para que o processo de Formação Contínua esteja sempre acontecendo. Pode ser em momentos individuais, coletivos e também em encontros específicos chamados Oficinas de Formação Contínua Integrada.

Sendo assim, que no dia 17 de maio aconteceu esta oficina no Zonal de Macaúbas no Ramo São Sebastião em Caturama, juntamente com todos os coordenares, capacitadores e comunicadores.